O que sou e sinto
Escrito por Regine Wilstom

O cabelo vou mudando,

As roupas vou trocando,

Na faculdade estudando,

No emprego trabalhando,

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

 

Tudo é caminho!

Escrito por Lilian Evangelista

Tudo é caminho!

Quanto à buscar-se:

Se sentir triste é caminho como também estar alegre é caminho!

Renunciar-se é caminho!

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

Viver o que pensamos Imprimir E-mail
Escrito por VADO   
Sáb, 05 de Junho de 2010 11:40

Depois de muito tempo sem postar nenhum texto em meu blog, hoje senti a necessidade de escrever algo a respeito de duas frases que ouvi num filme que me chamaram a atenção, que eram mais ou menos assim: “A cada pouco de paz que transmito aos outros, é um pedacinho da paz que eu nunca tivee “Nunca podemos voltar no tempo para fazer um novo começo, mas podemos recomeçar e fazer um novo fim”.

 

Essas frases me chamaram a atenção porque refletem algo que venho sentindo nos últimos dias. Nas conversas que tive com algumas pessoas, nos e-mails trocados com outras e em várias outras situações eu ouvi dizer que minhas palavras faziam com que refletissem e, consequentemente, de alguma maneira as ajudaram em algum momento.

 

Pensando nisso eu comecei a rever algumas de minhas atitudes que, em muitas vezes, não eram como eu mesmo dizia que deveriam ser em minhas palavras e, isso, me levou a muitas interrogações: Por que eu consigo ajudar outras pessoas e não consigo ajudar a mim mesmo? Por que as palavras que escrevo saem do meu coração e acredito realmente no que digo, mas, muitas vezes não sigo essas minhas teorias na prática?

 

 

Buscando respostas para essas minhas perguntas percebi que essa situação não é tão rara como parece, há muitas pessoas que também vivem essa situação, aparentemente transmitem paz mas não vivem a paz, transmitem alegrias e por dentro são pessoas tristes, e isso acontece porque?

 

 

Porque somos exigentes demais com a gente mesmo.

 

 

Porque nos anulamos pensando sempre nos outros e queremos que os outros sejam felizes e esquecemos de nossa felicidade.

 

Porque na ânsia de querer levar a alegria e a paz esquecemos de viver e buscar a nossa própria alegria e a nossa própria paz.

Talvez seja por isso que a frase “a cada pouco de paz que transmito aos outros, é um pedacinho da paz que eu nunca tive”, me chamou tanta atenção, pois eu sabendo das minhas tristezas, dos meus desânimos, da minha falta de paz, quero que os outros não passem por isso e superem suas dificuldades e assim, um pouco da paz que não tive, levo a outras pessoas e mesmo não percebendo, isso nos traz satisfação e nos motiva a viver.

 

 

Então, se sabemos disso e temos a teoria de como mudar, por que não fazemos?

 

 

Porque na maioria das vezes ficamos olhando nossa vida para trás, olhando o nosso passado, se lamentando com nossos erros, querendo voltar o tempo para corrigir o que erramos e, ao nos lamentar, esquecemos de buscar no presente atitudes que nos façam melhorar e mudar nosso futuro e é aí que entra a segunda frase, “não podemos voltar ao tempo para fazer um novo começo, mas podemos recomeçar e fazer um novo fim”, e é isso que devemos fazer. Recomeçar sempre.

 

 

É isso que estou tentando fazer, recomeçar verdadeiramente, revendo minha vida e aprendendo com os erros do passado, fazer um novo futuro, e, a partir disso, poderei dizer e escrever com mais convicção sobre como viver a vida, como buscar a paz, como buscar a alegria, como encontrar o equilíbrio, como superar as dificuldades, como enfrentar os desafios, enfim, poderei mudar a frase e poder no final dizer: “A cada pouco de paz que levou aos outros, é um pouquinho da paz que tenho em minha vida e quero compartilha-la”.

 


 

Clique AQUI para ler alguns poemas meus

Clique AQUI para ler outros textos meus

Cliquei AQUI para ler textos de outros autores

 
 

Livro: Refletir... e Viver" Clique na imagem para comprar

Compre Livros, DVD´s, Informática e muito mais!

Escolha a loja abaixo e clique na imagem

 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.