Razões

Escrito por Lilian Evangelista

Começo este com uma pequena indagação.

Porque a gente tem necessidade de razões?

Porque temos necessidade de provar para estarmos certos de algo?

Existe alguma razão em se ter razão?

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

O sentido da Vida

Escrito por Bárbara Carajeliascow

Tudo na vida tem um sentido.

Ao passo que começamos fazer as coisas mecanicamente, repetidamente, sem concentração,

não estamos dando a importância certa, ai já estamos vivendo sem sentido.

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

Fragmentos Imprimir E-mail
Ter, 14 de Agosto de 2012 00:00

Hoje tudo se espera, tudo se cria!

Meus filhos já foram para a escola, e a agitação da manhã se dissolveu em um perfeito silêncio.

Apenas a movimentação da vida lá fora continua e não se permite parar.

E não pára porque não existem meios de se conter a vida. Ela vai além do que podemos supor ou imaginar.

Vai além das pessoas que vejo andando pelas ruas, das crianças que passam brincando, dos carros um atrás do outro que eu vejo passando.

Vai além do que vê a minha limitada visão.

Vai além do primeiro sorriso de um bebê até o já cansado de um ancião.

Este movimento que impulsiona tudo que existe, já atravessa anos e anos e anos...

Este universo que já viu tantas coisas e criaturas, desde tempos remotos até os dias de hoje, mas que não pára de se surpreender com a força de tudo que insiste em continuar brotando.

Muitas coisas já se extinguiram, outras ainda nem surgiram.

São partes separadas pelo tempo, mas constituem a vida por inteiro.

Existem porque outras morreram.

Deram seu lugar ou seu espaço para que outra pudesse existir.

São partes de um todo - fragmentos.

Dispersos no universo, mas frutos de uma mesma criação.

Cada um com seu tempo para brilhar, e sendo assim - frágil e efêmero - muito mais admirável, muito mais belo.

É o milagre que por vezes insistimos em não vêr, mas ele acontece a cada fração de segundo, independente se o contemplamos ou não.

A todo instante é morte, a todo instante é vida.

Me ocorreu agora que vejo este ciclo aqui mesmo em minha casa, na minha varanda. Há alguns dias ganhei de presente uma pequena árvore, ela emprestava sua beleza na casa da minha cunhada, mas por razões que só a natureza dela explica, ela estava morrendo dentro de um ambiente fechado. Para tentar salvá-la a trouxemos para cá, onde ela pode receber chuva e sol. Com alegria percebemos que ela novamente adquiriu viço, novas folhinhas começaram a aparecer, mas não impediu que outras amarelassem e morressem.

Nada explica melhor a vida, do que a natureza.

Nada explica melhor este processo do que a experiência de se plantar um jardim.

No jardim podemos enxergar o que nossos olhos tão acostumados com o cotidiano não vêem.

Esses pedacinhos de tempo que unem e separam a breve existência de cada ser.

Minha alma, por vezes tão inquieta, hoje resolveu silenciar para aprender ou se lembrar que as vezes é melhor esquecer tantas perguntas, e apenas se entregar.

Entregar e se abandonar nas mãos deste grande mistério que nos divide e nos une, que nos fragmenta e nos reconstitui, nesta grande roda que não cessa de girar chamada Vida.

.

Lilian Aparecida Godoi Evangelista

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Clique AQUI para textos de outros escritores

Clique AQUI para ler textos do VADO

 

 
 

Livro: Refletir... e Viver" Clique na imagem para comprar

Compre Livros, DVD´s, Informática e muito mais!

Escolha a loja abaixo e clique na imagem

 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.