Abstração

Escrito por Lilian Evangelista

Sei lá o que sou...

Por definição espécie humana, gênero feminino.

Preferia ser mais uma espécie sem definição, talvez isso chegaria mais próximo do que acho que sou.

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

O meu recado pra você
Escrito por Regine Wilstom

Eu comecei o feriado de um jeito e terminei de outro.

Na verdade eu entrei na balada de uma forma,

e sai de outra totalmente diferente.

Mas não digo isso pelo estilo de música que tocou.

Clique AQUI para ler o texto na íntegra

 

 

O tempo passa Imprimir E-mail
Escrito por VADO   
Qui, 12 de Janeiro de 2012 00:00

Hoje, ao ouvir a música de Renato Teixeira e Almir Sater, “Tocando em Frente”, fiquei pensando no trecho que diz: “ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso por que já chorei demais”, e me pergunto: Por que a vida da gente é tão corrida? Por que dizemos que o tempo voa? Por que vivemos em função do relógio?

No dia a dia vivemos uma correria e, muitas vezes, nem pensamos direito no que estamos fazendo ou como estamos fazendo, tudo parece ser feito de modo automático, parecemos máquinas. Temos hora certa para fazer isso, hora certa para fazer aquilo e, assim, o tempo passa, o dia voa.

O que me preocupa, na verdade, é o que ganhamos com isso, pois sempre falta tempo pra tudo e não aproveitamos o tempo como deveríamos. Nos tornamos escravos dele ao invés de tirarmos proveito. Queremos tudo para ontem e, com isso, não vivemos bem o momento presente, pois estamos sempre pensando no que vai vir.

É claro que a sociedade atual quase que nos obriga a vivermos assim, o trabalho, a sobrevivência e tudo o que envolve o nosso dia a dia faz com que não apreciemos a vida como deveríamos.  É até interessante o próprio calendário. Nem bem saímos das festas de fim de ano e já estamos pensando no carnaval e, logo depois, nas outras datas festivas do ano e, tudo passa tão rápido, que não curtimos essas festas de uma maneira tranquila, sem atropelos.

É comum ouvirmos frases do tipo: “não tenho tempo”, “não deu tempo”, “o tempo é curto”, entre outras. Mas, quando falamos essas frases não nos damos conta de que o tempo está passando e quando menos esperar, o nosso tempo passou e deixamos de viver muitas coisas e, então, queremos voltar, consertar, arranjar uma máquina do tempo para vivermos o que não vivemos.

Por tudo isso, acredito que esse trecho da música tem uma profundidade única, por mais simples que possa parecer, pois o andar devagar, no meu modo de entender, tem o significado de viver a vida, sentir a vida, curtir cada minuto e viver cada instante como se fosse o único sem pensar no depois.

É preciso que aprendemos a “andar devagar”, mesmo se estamos com pressa. O velho ditado, a pressa é inimiga da perfeição, pode ser lugar comum, mas é a pura verdade. Quando estamos viajando, por exemplo, por uma estrada, devagar ou rápido, chegaremos no mesmo destino, claro que em menos ou mais tempo, no entanto, quando estamos em alta velocidade na estrada, pouco ou quase nada, vemos das paisagens. Chegamos mais rápido, mas não aproveitamos as paisagens e, acredito que é assim que temos que viver a nossa vida, aproveitando e admirando a “paisagem”, sem pressa de viver.

Clique AQUI para ler alguns poemas meus

Clique AQUI para ler outros textos meus

Cliquei AQUI para ler textos de outros autores

 
 

Livro: Refletir... e Viver" Clique na imagem para comprar

Compre Livros, DVD´s, Informática e muito mais!

Escolha a loja abaixo e clique na imagem

 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.